Buscar
  • Dr Georges

DOAÇÃO COMPARTILHADA

Tire suas dúvidas sobre doação de óvulos, suas vantagens e desvantagens.




Existem diversas campanhas espalhadas no mundo todo sobre doação de sangue, medula, órgãos, para ajudar pessoas em suas dificuldades e transformar suas vidas. Porem, pouco se fala em um tipo de doação que pode ajudar, e muito, casais que almejam o sonho de ter um filho. Estamos falando da “doação de óvulos” ou “doação compartilhada”, muito procurado por pacientes.



“Uma das maiores queixas no tratamento de reprodução humana são os custos dos procedimentos. Isso impossibilita muitos casais de seguirem adiante após o diagnóstico de infertilidade.”

QUEM PODE SER DOADORA

• Mulheres com idade igual ou menor que 35 anos;

• Que após realizar um exame genético através de coleta de sangue (cariótipo com bandas), esteja normal;

• Mulheres que também necessitam fazer a Fertilização in vitro.

O PROGRAMA DE DOACAO COMPARTILHADA E AS VANTAGENS EM SER DOADORA DE OVULOS

Uma das maiores queixas no tratamento de reprodução humana são os custos dos procedimentos. Isso impossibilita muitos casais de seguirem adiante após o diagnóstico de infertilidade. Neste caso, a mulher que tem o desejo de engravidar e se enquadra nas características de doadora, pode doar e em troca receber o custeio de parte do seu tratamento.

COMO E FEITA A DOACAO

Após a manifestação do desejo, uma consulta é agendada e a avaliação com exames clínicos se inicia. São exames realizados através da coleta de sangue e ultrassonografia, para verificar a reserva ovariana. Essa paciente respondera um questionário e suas características físicas serão cadastradas em um banco de dados. Posteriormente sera feito uma analise para encontrar uma receptora compatível para iniciarmos pareamento de ciclo menstrual. Feito isso, inicia-se a estimulação hormonal na doadora e receptora.

Quando os óvulos já estiverem prontos a ser coletado, a doadora passara por uma coleta dos óvulos em centro cirúrgico, um procedimento muito simples com sedação leve.

A fecundação do óvulos doados ocorre no mesmo dia e a transferência dos embriões de 3 a 5 dias após. Lembrando que todo processo ocorre em anonimato, a legislação brasileira não permite que doadora e receptora saibam da identidade uma da outra.

QUEM PODE SER RECEPTORA DE OVULOS

• Idade ideal: até os 50 anos;

• Necessita apresentar boas condições de saúde;

• Mulheres que já fizeram sucessivas tentativas de fertilização in vitro com seus óvulos, mas não obtiveram sucesso;

• Mulheres que tiveram câncer e que a produção de óvulos foi afetada;

• Diagnostico de menopausa precoce.

47 visualizações0 comentário